7) Bob Marley e seu pai

No vídeo abaixo do texto, a psicóloga Adriane Amaral (Arati), co-criadora deste blog conta a história de como Bob Marley superou a distância entre ele e seu pai.


O PAI E O MUNDO 

  • Um pai só existe por causa da mãe e vice versa.
  • Nós somos o amor deles levados às últimas consequências,  como disse Hellinger.
  • Todos nascemos na esfera da mãe.
  • Chegar à esfera do pai é um esforço e uma jornada que temos que fazer.
  • Se a mãe é o rosto do sucesso, o pai é a porta para o mundo.
  • Se a mãe protege, o pai salva.
  • Sem pai não há boa autoridade, não há limites ou há limites demais, não há iniciativa e não temos perseverança. 
  • Com o pai temos pernas para aguentar a felicidade.

Se quiser se preparar para esta jornada, se pergunte:

  • Seu pai tem um lugar na família ou está cercado por um mar de solidão e desprezo, mesmo servindo a todos?
  • Você sabe caminhar para seu pai como filho/a, ou você caminha para ele como juiz, advogado, capanga da mãe, nutricionista, enfermeiro, etc.?
  • Quando sabemos da adoção de uma criança com o pai desconhecido, pensamos no pai dele ou desconsideramos esta parte da família?
  • Você deixa seu filho tomar a vida que veio do pai dele/a?
  • Você sabe que teu pai é o certo para você?
  • Você sabe a força da tua alma como pai? 
  • Você, pai, sabe o quanto és importante para teu filho?
  • Você, pai, compete com a maternidade ao invés de assumir a paternidade?
  • Você já deu a mão para teu pai em teus pensamentos quando se sente preso na escuridão? Não?! Tente...




Comentários