16) A Boa e a Má Consciência em Tormenta de Areia




A Boa e a Má Consciência em Tempestade de Areia de Elite Zexer –

Em Sand Storm, filme israelita de Elite Zexer, somos confrontado com o que Hellinger chamou de Boa e Má consciência: uma menina cheia de mundos olha uma adolescente em busca dos sonhos, que olha a sua mãe lidando com o destino, que olha a avó em sua história milenar. Elas se olham, mas não se veem, como se uma tormenta de areia as impedisse de enxergar.  Tempestade feita de desejos versus a tradição.

Às vezes, elas se julgam e se desprezam, não reconhecendo seus feitos e sabedorias, como em qualquer família normal. Elas também se amam e vivem em volta de um homem só: o marido, o pai e o amante que, como elas, “não tem” escolhas.

Por que evitamos algumas escolhas? Porque não vemos suas implicações, mas sentimos seus efeitos. Porque o grilhão que cega o pensamento não foi rompido. Só é possível ver o mundo com o suporte dos conceitos. Quem vê algo que nunca foi conceituado não tem o instrumental cognitivo para reconhecer aquela realidade e tomar decisões. Antes do Freud, por exemplo, “não havia” o inconsciente. E antes de 1875 não havia o conceito de infância. Éramos tratados com pequenos adultos aos 3 anos.

Por isso a importância da filosofia, da antropologia e da sociologia. Sem uma forma de compreender o mundo (filosofia), a cultura (antropologia) e nossas conexões (sociologia), somos presas do destino. Exatamente como neste filme, em que o mundo das personagens parece não ter saída.

Sem a antropologia não captaríamos a importância da cultura para manutenção da identidade de um povo e, consequentemente, não entenderíamos o que é o pertencimento e a exclusão numa Constelação Familiar. Sem a filosofia não teríamos a fenomenologia, que levou o Hellinger a descobrir os tipos de consciência. E sem a sociologia não chegaríamos aos princípios que fundam os grupos sociais.

Em Tempestade de Areia vemos a nossa cara maquiada pela repetição de destinos e como somos incapazes de solucionar o impasse entre a boa com a má consciência: ou a escolha entre pertencer ou arriscar ser excluído, principalmente quando os novos conceitos para mudança ainda não chegaram para nos ajudar.

#Netflix #TempestadeDeAreia #BoaEMáConsciência #BertHellinger #Pertencimento #Exclusão



Comentários